Evasão acadêmica de IES pode ser evitada com auxílio da empregabilidade

Inserção de profissionais no mercado de trabalho pode auxiliar na retenção de alunos.

O mercado de trabalho apresenta, cada vez mais, uma demanda por profissionais completos, que agreguem não somente conhecimentos técnicos adquiridos dentro da sua área de formação, mas, principalmente, tenham desenvolvidas habilidades consideradas fundamentais para as organizações. É sob este aspecto que as instituições de ensino superior (IES) podem contribuir positivamente para a inserção de novos profissionais no mercado de trabalho, realizando, consequentemente, processos que incentivem a retenção de alunos dentro de suas unidades de ensino, evitando a evasão das salas acadêmicas.

 

O ensino superior atual conta com um perfil de aluno que, assim como a graduação acadêmica, passa por transformações constantes. O padrão tradicional de sala de aula, com disciplinas ministradas de forma exclusivamente presencial, vem sendo substituído por encontros a distância ou, mais recentemente, híbridos. Juntamente com as transformações da conjuntura econômica nacional, o sistema no qual a família é a responsável financeira está, cada vez mais, sendo substituído por um perfil no qual o aluno é seu próprio responsável financeiro.

 

Processo inicia no ingresso do aluno

A empregabilidade precisa ser incentivada desde cedo, já no momento de ingresso do aluno no Ensino Superior. Sob este viés, é essencial que as IES estabeleçam ações que desenvolvam as competências que são exigidas pelo mercado de trabalho, preparando o aluno não somente para a profissão escolhida, mas também capacitando-os a serem colaboradores que saibam lidar com questões que vão muito além da área para a qual estudaram.

 

Dentro de tal perspectiva, o desenvolvimento de carreiras torna-se um forte aliado das IES, uma vez que é um importante diferencial a evitar que alunos migrem para outras instituições de ensino ou que abandonem os estudos. Esta afirmação tem como base a premissa de que alunos inseridos no mercado de trabalho têm a possibilidade não apenas de ascender profissionalmente ainda durante o período acadêmico, como também pagar por seus estudos e enfrentar menos dificuldades financeiras.

 

Soluções de empregabilidade

Dentre as alternativas capazes de auxiliar as IES na construção de carreiras dos acadêmicos estão aquelas que ajudam a mensurar a empregabilidade por meio de resultados, encurtando caminhos entre empregadores e alunos que desejam iniciar uma carreira ainda durante a vida universitária.

 

Iniciativas como a Valorizza Carreiras estão à disposição das IES, tendo como foco a empregabilidade de alunos e a redução da evasão acadêmica, tornando as instituições mais competitivas no mercado. A solução consiste em um sistema completo, projetado para desenvolver a carreira do jovem acadêmico, estreitar a relação com empresas e alunos, além de otimizar tempo e processos.

 

De acordo com números obtidos pela média de clientes Valorizza, ocorre uma redução em 80% de tempo nos processos de estágio e 55% dos alunos recebem ofertas de vagas de emprego. A alternativa é uma forma de inovar e crescer de forma sustentável em um mercado que exige mudanças constantemente.

 

Agende uma demonstração com um especialista hoje mesmo!

 
VEJA UMA DEMONSTRAÇÃO

Deixe um comentário